CUIABÁ

MATO GROSSO

Politec alerta estudantes que irão prestar provas do IFMT sobre prazo para emissão de RG

Publicados

MATO GROSSO

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) realizam campanha orientativa sobre a importância da emissão dos documentos necessários para inscrição dos Processos Seletivos do IFMT. A campanha é voltada para aqueles candidatos que ainda não possuem documento de identidade ou que necessitem de uma nova via do documento para efetuar as inscrições e o apresentar no dia da aplicação das provas para os cursos técnicos integrados ao ensino médio referente ao processo seletivo 2023/1.

Conforme o edital, é de inteira importância os estudantes apresentarem a carteira de identidade no momento da aplicação das provas do processo seletivo que está previsto para o mês de outubro.

No ato do preenchimento do formulário de inscrição, o candidato deverá ter em mãos o número do CPF, da cédula de identidade (RG) ou documento equivalente (carteira de motorista, carteira de trabalho, passaporte, entre outros), oficial, com foto de validade nacional. As inscrições para o processo seletivo do IFMT têm início nesta segunda-feira (27.06) e se encerram no dia 11 de setembro. São ofertadas 3.100 vagas para 19 campi e 2 centros de referência. Para mais informações sobre o processo seletivo, acesse aqui.

No dia da prova – prevista para acontecer no dia 09 de outubro -, o candidato precisará apresentar o documento com foto que utilizou para efetuar a inscrição. Os interessados que ainda não possuem os documentos necessários devem imediatamente procurar os postos de identificação da Politec em sua cidade. Veja aqui o endereço.

Leia Também:  Sema empossa 65 novos analistas do Cadastro Ambiental Rural

Conforme o Coordenador de Identificação Civil da Politec, Carlos Eduardo José da Silva, atualmente, a instituição estipula um prazo de 30 a 40 dias para a emissão do RG.

“Esta campanha tem por objetivo alertar os candidatos para não deixarem para a última hora. Para que ele tenha seu documento na data da realização das provas é necessário que busque um posto de atendimento da Politec o quanto antes”, afirmou o coordenador.

A Politec orienta que os candidatos que solicitarem o RG sem a devida antecedência podem correr o risco de não conseguir a carteira de identidade a tempo, levando em consideração os prazos necessários para o processo de análise e confronto dos dados, e de envio do documento de São Paulo, onde o documento é produzido, até Cuiabá.

“Aqueles estudantes que deixarem para solicitar o documento com menos de 20 dias dias para a prova, nós orientamos os pais para procurarem a ouvidoria da Politec através do telefone 0800 647 8987 para que a gente possa selecionar estes processos e fazer a análise deles com maior rapidez”.

Segundo a diretora de política de ingresso e seleções do IFMT, Elisangela Maria, a campanha conjunta com a Politec é uma prática contínua, e tem contribuído com a maior efetivação de inscrições e diminuição de indeferimentos devido à ausência do documento de identidade. “Esta ação possibilita que os candidatos possam participar do processo seletivo do IFMT, promove o acesso à informação dos diretos do cidadão quanto a sua identificação civil”, pontuou a diretora.

Leia Também:  PM prende suspeito de roubar mototaxista, recupera veículo e apreende arma

Como solicitar a carteira de identidade

A Carteira de Identidade é o principal documento de identificação no Brasil e válido em todo território nacional. Os menores de 16 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou de seu representante legal para as solicitações de entrada no Processo de Identificação Civil, sendo o acompanhante responsável por todas as informações prestadas ao identificador.

Em Cuiabá, a solicitação do RG pode ser feita nas unidades dos Ganha Tempos, no cartório do 3º ofício da capital, e no Espaço Cidadania, da Assembleia Legislativa. Em Várzea Grande, o serviço é ofertado no Ganha Tempo do bairro Cristo Rei.

Os documentos necessários para solicitar a emissão da carteira de identidade (RG) são:

  • Certidão de Nascimento ou Casamento originais ou cópias autenticadas

  • Naturalizados: Deverão apresentar Certificado de Naturalização Brasileira original e legível ou cópia autenticada por tabelionato (autenticação deve ser original);

  • Português: Deverá apresentar Certificado de Igualdade de Direitos e Deveres original e legível ou cópia autenticada por tabelionato (autenticação deve ser original);

A primeira via em Mato Grosso é isenta. A pessoa que possui RG em outro Estado e irá emitir pela primeira vez em Mato Grosso deverá solicitar a 1ª via, que é gratuita em todos os casos. A segunda via é isenta para menores de 18 anos. Para maiores informações sobre a solicitação do RG acesse aqui o site da Politec.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

PSD homologa listas de candidatos à AL e Câmara dos Deputados por Mato Grosso

Publicados

em

O Partido Social Democrático de Mato Grosso (PSD-MT) definiu suas chapas a deputado estadual e federal para as eleições deste ano. A homologação dos candidatos ocorreu na noite desta sexta-feira (5), durante convenção da sigla, em Cuiabá. Ao todo, o partido terá 28 candidatos, sendo 9 à Câmara dos Deputados e 20 à Assembleia Legislativa, assegurando a participação feminina na disputa eleitoral.

Além da homologação das chapas, os convencionais do PSD decidiram, por maioria, pela coligação do partido com o grupo composto pela Federação Brasil da Esperança (PV, PT e PC do B), além do Progressistas. O grupo conta com as candidaturas de Márcia Pinheiro (PV) ao governo e Neri Geller (PP) ao Senado. A exemplo do que ocorreu para a eleição presidencial, os candidatos e filiados terão a liberdade de apoiar qualquer candidato nas disputas majoritárias.

Presidente estadual do PSD, o senador Carlos Fávaro ressaltou o caráter democrático da decisão, que conseguiu contemplar os desejos de todos os filiados. “O PSD é feito destas pessoas, que todos os dias levam nossos ideais e conectam nossas decisões com os anseios da população. Na política é preciso ter lado, e o nosso lado sempre será o da população. Sairemos vitoriosos desta disputa”, afirmou.

Leia Também:  Mato Grosso assina Plano Manaus para combate à pobreza e desmatamento ilegal na Amazônia

Fávaro pontuou que, além disso, a resolução respeita a coerência da construção política iniciada ainda em 2020, depois da eleição suplementar para o Senado. “A convenção marca mais uma etapa na construção de um projeto que nós trabalhamos muito aqui em Mato Grosso, a candidatura do Neri Geller. Fizemos o Avança Mato Grosso, discutimos os avanços que defendemos para o estado e com esta proposta seguiremos com ele e com Márcia Pinheiro governadora, dando o direito de cada filiado ter sua liberdade para escolher o seu representante”, pontuou.

Para a chapa de candidatos a deputado federal, foram escolhidos a ex-reitora da Unemat, Ana Di Renzo; a ex-prefeita de Castanheira, Mabel Melanezi; a ex-vereadora por Poconé, Camila Silva; o advogado Irajá Lacerda; os ex-deputados estaduais Gilmar Fabris e Pedro Satélite; o ex-prefeito de Água Boa, Maurão; o vereador de Lucas do Rio Verde, Márcio Albieri; e o ex-vereador de Primavera do Leste, Paulo Márcio.

Já a chapa de candidatos a deputado estadual conta com os parlamentares Dr. Gimenez, Nininho e Wilson Santos. Além deles, o ex-vereador por Cuiabá, Toninho de Souza, o vereador da Capital, Pastor Jeferson; o ex-prefeito de Confresa, Gaspar; o vice-prefeito de Barra do Garças, Professor Sivirino; o vereador de Colíder, Rica Matos; além de Zize, Alex Rabelo, Josane Dias, Josielle Sampaio, Jucelma Oliveira, Marquinnhos, Jileine Ferreira, Stéfano do Carmo, Reck Junior, Professora Rosinha, Itami Siravegna e Viviane Ribeiro.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA