CUIABÁ

POLÍCIA

Polícia Civil prende servidor que utilizava do cargo para abusar sexualmente de menores carentes

Publicados

POLÍCIA

Um servidor público municipal suspeito de abusar sexualmente de duas adolescentes de 12 anos, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (22.06), com base em investigações da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

O investigado trabalhava como servidor comissionado no município de Cuiabá, atuando na área de projeto sociais com famílias carentes e utilizava do cargo para conquistar a confiança dos familiares das vítimas.

As investigações iniciaram em março deste ano, quando o suspeito abusou sexualmente de duas adolescentes de 12 anos, ocasião em que disse que levaria as meninas para ver uma vaga de emprego de menor aprendiz.

No dia dos fatos, com autorização da família, o suspeito buscou as duas primas em casa e as levou para um curso de menor aprendiz. Na saída do local, o suspeito passou em um supermercado atacadista, onde comprou bebida alcoólica que ofereceu para as menores, tipo “ice”, dizendo ser sem álcool.

Leia Também:  Polícia Civil esclarece homicídio em barbearia de Guarantã do Norte e indicia autores

Ele então levou as menores para uma chácara no assentamento Monte Sinai, na região do bairro Altos da Glória, local onde teriam ocorrido os abusos. As vítimas ficaram desacordadas no local e quando acordaram estavam com os zíperes das roupas abertos. O suspeito ainda pediu para que as adolescentes tomassem banho antes de levá-las para casa.

Após a comunicação dos fatos, foi dado início as diligências, sendo solicitado os exames periciais das menores, que deram positivo para conjunção carnal, porém negativo para uso de algum tipo de droga, indicando somente a ingestão de álcool.

Diante do apurado, foi representado pela prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça e cumprida nesta quarta-feira (22) pelos policiais da Deddica, na mesma chácara em que teriam ocorridos os abusos.

As investigações seguem em andamento para possível identificação de outras vítimas, uma vez que o suspeito utilizava do cargo e da confiança das famílias para chegar até as vítimas e praticar os abusos.

Leia Também:  Veículo objeto de estelionato praticado em Nova Xavantina é recuperado no Distrito Federal
Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil cumpre prisão contra autor de roubo de celulares em Nova Mutum

Publicados

em

Por

Um jovem investigado pela prática de roubo a uma loja de aparelhos celulares em Nova Mutum (264 km ao norte de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (27.06), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf).

O suspeito de 19 anos teve a prisão preventiva expedida pela 3ª Vara Criminal da Comarca local, após ser identificado nas diligências da Derf para apurar o crime, ocorrido em um estabelecimento comercial, no dia 9 de junho.

Diante do mandado em aberto, os policiais civis localizaram o procurado em uma residência no bairro Residencial Santa Terezinha.

Em cumprimento a ordem judicial, ele foi conduzido pelos investigadores para a Derf de Nova Mutum. Após as providências cabíveis, o preso foi colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Reunião do Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil com o secretário Nacional de Segurança Pública
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA