CUIABÁ

MATO GROSSO

Emanuel volta ex-vereador ao secretariado e descarta “fechar” Cuiabá por Covid e H3N2

Publicados

MATO GROSSO

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), anunciou na noite desta terça-feira (11), em live semanal autodenominada de “Emanuel Como Ele É”, três mudanças no secretariado. Além disso, descartou qualquer possibilidade de impor restrições no comércio por conta do avanço da Covid-19 e do surto gripal da H3N2 que atingiu a Capital no início deste ano.

As mudanças no secretariado, porém, tratam-se de remanejamentos e retorno do ex-vereador Zito Adrien a equipe de secretários. No anúncio, o prefeito “reforçou” a pasta da saúde.

Ele “efetivou” a então secretária interina Suelen Aliend no comando da pasta. Antes, ela acumulava a Secretaria Adjunta de Planejamento e Operações da Secretaria de Saúde desde o afastamento de Célio Rodrigues. “Grande companheira, grande técnica. Milita há 17 anos na saúde pública. É séria, dedicada e enérgica. Conhece o SUS como ninguém”, elogiou.

Para responder pelo Planejamento e Operações da Secretaria de Saúde, o prefeito remanejou o secretário de Turismo, o sindicalista Oscarlino Alves. O prefeito também destacou que se trata de um quadro técnico, já que Oscarlino é servidor de carreira da Saúde e foi, por vários anos, presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde de Mato Grosso (Sisma).

Leia Também:  Governo lança licitação orçada em R$ 12 milhões para levar asfalto até o Distrito do Aguaçu

“Grande referência sindical e baluarte da Saúde Pública. Vem desenvolvendo grande trabalho no Turismo, mas no momento preciso amarrar, criar uma blindagem e uma verdadeira seleção de técnicos na Secretaria de Saúde. A Saúde é o nosso foco e vamos avançar, corrigir os rumos. Se errar, vamos corrigir os erros. Mas vamos entregar Saúde muito melhor que recebemos”, colocou o prefeito.

Ele ainda elogiou o desprendimento de Oscarlino Alves para sair de uma secretaria “titular” para responder como adjunto. “Exemplo do Oscarlino é para toda minha equipe. Está deixando de ser secretário para ser adjunto para cumprir uma missão dada pelo prefeito”, destacou.

Por fim, para a pasta de Turismo, ele retorna para a gestão o ex-vereador Zito Adrien, que esteve até o fim do ano passado na pasta de Planejamento. Emanuel destacou que Adrien já foi secretário estadual de Turismo na gestão de Carlos Bezerra e também atuou na gestão de Blairo Maggi no setor.

“Conhece muito bem o setor e vai elaborar o plano de uma política de turismo verdadeira”, assinalou. Emanuel ainda avisou que novas mudanças na equipe de primeiro escalão acontecerão nos próximos dias.

Leia Também:  Homem é preso em flagrante por manter relacionamento com menina de 13 anos e estuprar a irmã de oito

SEM FECHA TUDO

Na live, o prefeito descartou aplicar medidas restritivas junto ao comércio para frear o avanço da Covid-19 em Cuiabá. De acordo com Emanuel, a Capital já tem a “receita” para superar essa nova fase de alta dos casos da Covid-19 e também da H3N2.

Emanuel explicou que a capital já aplicou cerca de 1 milhão de doses da vacina contra Covid.  “Fechar o comércio não cabe mais, nem a sociedade aguentaria. Fechar Cuiabá jamais. Com a imunização avançando, a população tem reagindo bem ao avanço Covid-19. A nova variante ainda não chegou. Estamos resistindo graças a imunização da população, tanto em relação a influenza, como a Covid”, afirmou o prefeito.

O prefeito seguiu falando que as festas de fim de ano proporcionaram um aumento de casos da Covid e também o surgimento do surto gripal. “É só segurar um pouco as aglomerações – festas de fim de ano acabaram sufocando um pouco o sistema de saúde – que vamos superar essa fase da pandemia”, disse o prefeito confirmando a proibição das festas públicas e privadas no Carnaval. 

FONTE/ REPOST: GILSON NASSER – FOLHA MAX 

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

PSD homologa listas de candidatos à AL e Câmara dos Deputados por Mato Grosso

Publicados

em

O Partido Social Democrático de Mato Grosso (PSD-MT) definiu suas chapas a deputado estadual e federal para as eleições deste ano. A homologação dos candidatos ocorreu na noite desta sexta-feira (5), durante convenção da sigla, em Cuiabá. Ao todo, o partido terá 28 candidatos, sendo 9 à Câmara dos Deputados e 20 à Assembleia Legislativa, assegurando a participação feminina na disputa eleitoral.

Além da homologação das chapas, os convencionais do PSD decidiram, por maioria, pela coligação do partido com o grupo composto pela Federação Brasil da Esperança (PV, PT e PC do B), além do Progressistas. O grupo conta com as candidaturas de Márcia Pinheiro (PV) ao governo e Neri Geller (PP) ao Senado. A exemplo do que ocorreu para a eleição presidencial, os candidatos e filiados terão a liberdade de apoiar qualquer candidato nas disputas majoritárias.

Presidente estadual do PSD, o senador Carlos Fávaro ressaltou o caráter democrático da decisão, que conseguiu contemplar os desejos de todos os filiados. “O PSD é feito destas pessoas, que todos os dias levam nossos ideais e conectam nossas decisões com os anseios da população. Na política é preciso ter lado, e o nosso lado sempre será o da população. Sairemos vitoriosos desta disputa”, afirmou.

Leia Também:  Justiça proíbe desconto salarial por falhas de sistema em MT

Fávaro pontuou que, além disso, a resolução respeita a coerência da construção política iniciada ainda em 2020, depois da eleição suplementar para o Senado. “A convenção marca mais uma etapa na construção de um projeto que nós trabalhamos muito aqui em Mato Grosso, a candidatura do Neri Geller. Fizemos o Avança Mato Grosso, discutimos os avanços que defendemos para o estado e com esta proposta seguiremos com ele e com Márcia Pinheiro governadora, dando o direito de cada filiado ter sua liberdade para escolher o seu representante”, pontuou.

Para a chapa de candidatos a deputado federal, foram escolhidos a ex-reitora da Unemat, Ana Di Renzo; a ex-prefeita de Castanheira, Mabel Melanezi; a ex-vereadora por Poconé, Camila Silva; o advogado Irajá Lacerda; os ex-deputados estaduais Gilmar Fabris e Pedro Satélite; o ex-prefeito de Água Boa, Maurão; o vereador de Lucas do Rio Verde, Márcio Albieri; e o ex-vereador de Primavera do Leste, Paulo Márcio.

Já a chapa de candidatos a deputado estadual conta com os parlamentares Dr. Gimenez, Nininho e Wilson Santos. Além deles, o ex-vereador por Cuiabá, Toninho de Souza, o vereador da Capital, Pastor Jeferson; o ex-prefeito de Confresa, Gaspar; o vice-prefeito de Barra do Garças, Professor Sivirino; o vereador de Colíder, Rica Matos; além de Zize, Alex Rabelo, Josane Dias, Josielle Sampaio, Jucelma Oliveira, Marquinnhos, Jileine Ferreira, Stéfano do Carmo, Reck Junior, Professora Rosinha, Itami Siravegna e Viviane Ribeiro.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA